Colégio Salesiano Recife


 

Acesse a opção desejada:

 

   

 

 

 

Sobre o Projeto

Atualmente a organização social exige novas formas de educar. Sendo a escola um dos setores dessa organização social, ela não pode deixar de utilizar instrumentos que atendam as exigências dos seus grupos humanos, reformulando esquemas tradicionais, substituindo instrumentos e equipamentos de trabalho através das ferramentas da educomunicação. 
 
Como o próprio nome sugere, a educomunicação é uma área que se nutre dos saberes da Pedagogia e das Ciências da Comunicação. Ela usa das mídias no ensino e fomenta a construção da crítica midiática através da produção comunitária com fins educativos. É com esse olhar, que desde início de 2015, o Salesiano Sagrado Coração colocou a disposição da comunidade educativa a possibilidade de experimentar uma forma diferente de educar: A Rádio Dom Bosco e a TV Salé. Agora, em 2017, a novidade é o Salé News. O objetivo é fazer um trabalho didático-multifacetado que será desenvolvido pelos jovens comunicadores (estudantes) em um ciclo interativo de sentido ontológico, enfocando sempre a natureza humana, modificada, alterada e transformada diante do poder modelador dos fatores sociais. 
 
Com esse propósito, os três projetos se fundamentam na teoria das mediações e pretende contribuir para a reflexão e a prática educomunicativa na escola. Nesse sentido, a proposta dialoga com a perspectiva mais participava e emancipatória da educomunicação, constituída por uma somatória de ideias, mas, principalmente, pelos ideais de fazer da televisão, da rádio e do jornal, instrumentos da educação voltados para os jovens e, assim, apresentar um novo horizonte de possibilidades para o campo da aprendizagem. É por isso, que a ênfase dessas ferramentas está situada no papel das ‘mediações’, fortalecendo a ideia de educar para a recepção. 
 
Nessa perspectiva, a Rádio Dom Bosco, a TV Salé e o Salé News, estarão funcionando como meio de comunicação direta, criando situações para que o jovem, diante dessa nova ferramenta, possa recriar em perspectiva micro e macrossociológica a sua própria existência. Ao desenvolver aspectos intrínsecos à linguagem midiática, as ferramentas vão possibilitar ao estudante do Sagrado Coração experimentar a diversidade cultural, já que por trás de um texto de um programa radiofônico ou televisivo há um contexto social, histórico e político no qual ele está inserido, o que contribui para compreensão das mudanças sociais e a ampliação de conhecimentos. Tudo isso de forma prazerosa e divertida de se realizar, envolvendo o encontro de ideias, criando práticas de cooperação, desenvolvendo capacidades sociabilizadoras e proporcionando a ampliação da percepção do processo de cada um em suas correlações sociais, culturais e estéticas.
 
Por isso, há nessa proposta inovadora uma preocupação com a interação de elementos ligados a conteúdos programáticos do ensino com a realidade vivencial do jovem em várias dimensões: a familiar, a escolar, a da política, da religião, da cultura, e principalmente, a comunitária. A força mágica dessa ferramenta é colocada a serviço do processo educativo, na medida em que se cria condições para a ampliação do olhar do aluno, constituindo-se em elemento importantíssimo na formação intelectual, ética, moral, cultural e social dos nossos jovens. 
 
Essas experiências estão mostrando aos alunos que, para ser comunicador, ou melhor, produtor de mensagens, será preciso vivenciar e dominar as seguintes dimensões: 1) acesso e 2) gestão da informação, e capacidade de 3) integrar, 4) avaliar e 5) criar informação. Nos bastidores dessas dimensões, certamente o protagonismo juvenil será esboçado pela realidade da educomunicação que desafiará os estudantes a pensar cada passo para se fazer e produzir televisão. 
 
Desse modo, como a Rádio Dom Bosco (do Sagrado Coração), que terá uma programação genuinamente marcada pela diversidade de interesses (Foco Pastoral, Hora do Recado, Top Mix Internacional, Cala a Boca Já Morreu e Agenda Cultural), os programas da TV Salé terão como pano de fundo a leitura e a produção crítica da comunicação, na medida em que os produtores principais, os próprios alunos, passam a ter domínio das técnicas de produção midiática. 
 
Outro aspecto importante a ser ressaltado é que o trabalho educativo desses canais tem lugar especial no amplo projeto educomunicativo da Rede Salesiana de Escolas (RSE), devido a preocupação em levar em conta, também, as experiências culturais dos alunos que se busca formar para propostas mais dialéticas, através da análise crítica da produção midiática, que educa os estudantes para a recepção. 
 
A ideia é formar uma nova recepção, mudando a maneira como os estudantes e os demais componentes da comunidade educativa recebem, no atual panorama social-midiático, os conteúdos produzidos pelos meios de comunicação. 
 
De um modo geral, os projetos colaboram para que os alunos percebam as interfaces dos produtos midiáticos, atualizando ou relendo constantemente suas interpretações para assumirem-se como emissores e interlocutores reais. A verdade é que, se até a década de 80 (século XX) foi fundamental formar para a recepção, agora, é imprescindível educar (nossos alunos) para a emissão e produção críticas e criativas da comunicação.
 

 

CATEGORIAS 

TV SALÉ (Para alunos do Fundamental I  ao Ensino Médio)
RÁDIO DOM BOSCO (Para alunos do Fundamental II e Ensino Médio)
SALÉ NEWS (Para alunos do Fundamental II e Ensino Médio)
 

FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO